Blog Camilla Rabelo



E de repente sua vida vira de ponta cabeça. As coisas já não são mais iguais. Nada é como antes. Até mesmo o céu, as pessoas, sua cidade, seus caminhos. E você também acaba mudando, por obrigação, não por querer ou ter escolhido mudar. Deus quis e você mudou. Você vê à sua frente um novo caminho a trilhar, um punhado de desafios, ciclos se encerrando e novos ciclos começando ou recomeçando.  E você sente o frio na barriga. A nostalgia do que ficou para trás, mas a imensa vontade de viver tudo de uma maneira diferente.

Você sente essa confusão de sentimentos que te massacram por dentro e quer dizer um grande foda-se para tudo aquilo que não faz mais parte da sua nova existência. Você quer dizer foda-se para o seu velho eu. Você quer dizer foda-se para todas as pessoas que um dia te fizeram anular o que você realmente é para ser o que elas esperam de você. Você quer dizer foda-se para os padrões de uma sociedade que se diz capaz de julgar o próximo mas não sabe tomar conta nem do próprio nariz. Você precisa e sente realmente a grande necessidade de dizer foda-se para tudo aquilo que de fato não faz parte de você e da sua nova personalidade moldada pelas dificuldades dessa vida.

Eu prometi para mim mesma dizer foda-se para tudo que tentar me machucar. Aprendi a criar um caso sério de amor próprio, indestrutível, que nada e ninguém pode destruir ou corromper. Todos os dias quando me olho no espelho, apesar dos meus medos e limitações, eu louvo e agradeço por ser eu. Apenas eu. Dizendo um grande FODA-SE em letras garrafais para o mundo. Isso não é ser egoísta. Isso é apenas a constatação de que nesse mundo, NINGUÉM, ninguém fará por você aquilo que somente você pode fazer em prol da sua própria felicidade. Não espere isso dos outros. Apenas seja. Ponto.


2 Comentários

  1. Também assino embaixo! Nada melhor que o bom e velho "foda-se" para a gente ser feliz.

    ResponderExcluir

Camilla Rabelo. Tecnologia do Blogger.